29 outubro 2015

ANOITECER MAIS CEDO

©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia

Chega outubro e é sempre um problema com as horas de luz. É um sacrifício ver os dias anoitecer tão cedo. Com tudo o que de deslumbrante, tristonho e poético o outono tem, preferia menos frio que menos horas de luz, sem pestanejar. Parece-me sempre a troca mais justa! A única sensação boa que os dias mais curtos podem trazer, é mesmo a vontade de canecas a fumegar, mantas macias e felpudas e velas de aromas quentes. Ocasionalmente, é olhar para o relógio e concluir que só são x horas e ver os serões esticarem-se por longas horas de preguiça.

Soundtrack: Clare & The Reasons, Kyoto Nights.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Conta-me histórias!

09 10