29 outubro 2015

PASSEIOS A PÉ

©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia
©estermiriamfotografia

Invariavelmente, alongam-me mais que o previsto, num pára-arranca delicioso e sem fim. É por este motivo que nas minhas caminhadas matinais vou de mãos vazias, para evitar que, em vez de esticar as pernas, estique o obturador da minha Nikon. A culpa, no fundo, nem é minha. Ninguém manda a vizinhança ser tão bonita.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Conta-me histórias!

09 10